terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O que são os números FPS no protetor solar?



Eles não estão relacionados ao poder de proteção, mas ao tempo em que a pele fica protegida dos raios solares

O fator de proteção solar representa o tempo a mais que a pele fica protegida. Por exemplo, se sua pele leva cinco minutos para sofrer os efeitos do sol, ao passar um protetor com fator de proteção solar 15, a pele fica protegida por 15 vezes mais tempo (no caso, 75 minutos). O mesmo protetor sobre uma pele mais escura, que sofre os efeitos solares após sete minutos, protege por 105 minutos. Mas, cuidado. Isso não quer dizer que o FPS 60 seja quatro vezes mais poderoso que o FPS 15, mas que ele protege por quatro vezes mais tempo.

Mas o que é pele protegida? É aquela que, quando exposta ao sol, não apresenta danos visíveis como vermelhidão e queimaduras. Já a numeração dos protetores é uma convenção internacional regulamentada por órgãos reguladores de medicamentos, como a Anvisa. Os números são definidos em diversos testes. Um deles é o da dose mínima de eritema (DME), que é o tempo mínimo para a pele ficar vermelha após a exposição. Basicamente, o FPS é determinado ao dividir a DME das pessoas que aplicaram protetor no teste pela DME das que não passaram. Assim surgem números como 2, 4, 8, 20, 50 etc. Porém alguns deles vão sumir. Em junho, a Anvisa determinou que o FPS mínimo disponível no mercado deve ser 6. A indústria tem dois anos para se adaptar.


VERMELHÔMETRO Tempo que a pele leva para sofrer os efeitos do sol sem proteção*

Pouco sensível
FPS de 6 a 15
VERÃO - 14 min
INVERNO - 29 min

Moderadamente sensível
FPS de 15 a 30
VERÃO - 8 min
INVERNO - 22 min

Muito sensível 
FPS de 30 a 50
VERÃO - 7 min
INVERNO - 18 min

Extremamente sensível FPS de 50 a 100VERÃO - 5 min
INVERNO -
14 min

* Tempo de exposição calculado com base em um dia de sol no Rio de Janeiro, no verão e no inverno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário