domingo, 12 de abril de 2015

Dez detalhes que as noivas precisam saber ao comprar o vestido

Logo após o noivado, uma das grandes empolgações da maioria das noivas é começar a pensar no vestido, centro das atenções na cerimônia e festa de casamento. No entanto, há algumas regras básicas para que o modelo tão sonhado não se transforme em pesadelo, já que, a partir do momento em que se escolhe o vestido, toda uma engrenagem começa a funcionar e fica difícil voltar sem provocar perdas financeiras e de tempo. Para que as noivas não corram esse risco desnecessário, especialistas em moda noiva revelam dez detalhes que devem ser levados em conta na hora de escolher o vestido.
Estilo: em primeiro lugar, a mulher deve definir o tipo de noiva que deseja ser, aconselha o estilista Samuel Cirnansck. “Clássica? Moderna? Romântica? Contemporânea? Como é que ela quer se mostrar para a sociedade?”, questiona o especialista em moda festa. Esse é uma etapa importante, já que o tipo de vestido escolhido vai refletir a personalidade da noiva e, no “grande dia”, não adianta a mulher querer usar uma peça supermoderna se, no dia a dia, ela é mais básica e romântica. Deve haver uma coerência
Organização: antecedência é a palavra-chave para evitar contratempos e garantir o mais belo vestido. “O ideal é que a noiva comece a pesquisar o vestido até um ano antes do casamento”, diz a estilista Gabriela Piccoli. Assim, haverá tempo para definir todos detalhes do modelo com tranquilidade. Aqui vale a máxima: “a pressa é a inimiga da perfeição”. E toda noiva quer que seu vestido fique impecável!
Valor: “É importante estipular uma quantia para o vestido e procurar o que o mercado tem para oferecer e que esteja dentro deste orçamento”, diz o estilista Samuel Cirnansck. Portanto, nada de extravagâncias ou de definir um valor inicialmente e, aos poucos, aumentá-lo até praticamente se tornar o dobro
Referências: esse é outro fator importante, já que muitas noivas buscam imagens de vestidos em revistas ou pela internet. “Na hora de provar um vestido, a noiva deve apagar da cabeça a foto que já viu dele em uma modelo”, diz a estilista Bibi Barcellos. “O importante é que a peça fique bem no corpo da noiva, com as proporções dela. As modelos costumam ser muito magras e ter pernas muito mais longas do que a maioria das mulheres, por isso são modelos, certo?”, brinca Bibi. Ou seja, o vestido que fica lindo nelas pode não ser o ideal para você e seu corpo
Evento: o vestido também deve ser adequado à cerimônia. “Antes de ir às compras, a noiva já deve ter definido se o casamento será na igreja, no mesmo local da festa, se será na praia, no campo ou ao ar livre na própria cidade”, aconselha a estilista Gabriela Piccoli. O vestido, de acordo com a designer, deve ainda seguir a mesma linguagem da decoração da festa. O empresário e estilista Lucas Anderi também lembra a importância de definir a quantidade de pessoas que comparecerão ao casamento. “O tamanho da festa dita o tom e a noiva precisa escolher um vestido que esteja dentro da proposta do evento para não cair no ridículo e ficar totalmente fora de ambiente”, afirma
Provas: modelo escolhido, chega a hora de realizar as provas. No mínimo cinco, segundo Samuel Cirnansck. “Na quinta prova, deve-se ajustar todos os detalhes da peça, além de definir joia, cabelo, maquiagem, véu e o que mais for necessário”, assinala o estilista. No entanto, caso não tenha tempo para realizar tantas provas, é recomendável, ao menos, duas —uma na primeira visita à loja e outra já com o modelo ajustado ao corpo da noiva
Sapatos: a estilista Bibi Barcellos dá uma dica preciosa para a hora em que for escolhê-los: “Selecione, entre os seus sapatos de festa, o mais confortável, com o qual você já encarou a pista de dança até o fim da noite, e leve-o sempre que for provar o vestido ou na hora de comprar ou mandar fazer os sapatos do casamento. Use o salto e o bico como referência. Não adianta comprar um sapato com salto muito alto e que não seja confortável. De que serve estar altíssima no começo do casamento, se logo você vai ser obrigada a descer do salto e trocá-lo por chinelos ou sapatilhas?”, lembra a estilista. Outra opção é mandar reformar um sapato confortável que já tenha, assim os riscos diminuem ainda mais. Outra dica de Bibi: “na hora da prova, quando a noiva estiver em pé, o vestido nunca pode se arrastar no chão. Se isso acontecer, é garantia de que ela vai ter de segurar a saia o tempo todo e de que será pisada na pista de dança! A barra deve estar a um centímetro do chão”
Modelo: os prós e contras dos modelos escolhidos devem ser cuidadosamente estudados. “A famosa manguinha ombro a ombro, preferida das princesas, é linda, mas não permite abraçar à vontade nem se acabar de dançar na pista, coisas que talvez não façam falta às princesas, mas são fundamentais nos casamentos de mulheres reais”, afirma a estilista Bibi Barcellos. Até a altura do noivo deve ser levada em conta na hora de escolher o vestido. “No caso de o noivo ser alto e a noiva mais baixa, a mulher deve procurar opções que alonguem a silhueta”, indica Lucas Anderi. “Nunca escolha um modelo que não a favorece, pensando que você vai emagrecer e aí ele ficará bom. O vestido tem de ser pensado para o seu corpo como ele é. Foi assim que o seu noivo se apaixonou por você”, diz Anderi
Temperatura: a estação em que será realizado o casamento também deve ser levada em conta na hora de escolher o vestido. Se houver alguma chance de estar frio no dia da festa, assinala a estilista Bibi Barcellos, é sempre bom pensar em um plano B que harmonize com o vestido. “Encarar uma cerimônia batendo os dentes pode render momentos deselegantes e fotos bem tensas”, brinca a estilista
Usabilidade: por mais que o modelo do vestido desejado seja lindo, ao se decidir por comprá-lo, leve em consideração se a peça realmente é confortável para o seu corpo. Adorado pelas noivas, o vestido sereia, por exemplo, tem seus contras. “Ele não pode ser tão apertado abaixo dos quadris a ponto de não subir na hora da noiva ir ao banheiro. Pois assim, ela correrá o risco de tirar o vestido a cada vez que for ao banheiro. Show de horror!”, finaliza a estilista Bibi Barcellos 



Acesse nosso site: www.cotiro.com.br/escola

noivas

Precisa de Filmagem e Fotografia para seu casamento? 

 
NewTMF

sábado, 11 de abril de 2015

Francesinhas, motivos florais e combinações com o buquê inovam a manicure da noiva

As unhas da noiva devem estar impecáveis no grande dia. Afinal, as mãos serão alvo de olhares e flashes, principalmente na hora da troca das alianças. Cutículas bem tiradas e esmalte bem aplicado são fundamentais. As opções mais tradicionais de manicure para noivas são a base, o esmalte branco e a francesinha. As três vão bem com qualquer tipo de vestido e de cerimônia. Mas não é preciso se ater a elas, já que é possível inovar nas unhas, sem perder a classe. Veja como:
Tipos de francesinhas
iStock Photo
Uma das maneiras de inovar no esmalte é repaginando a clássica francesinha. Para as noivas mais discretas, a pedida é a francesinha dupla, que mescla base, esmalte branco e esmalte areia
iStock Photo
Para as adeptas das unhas decoradas, mas que não querem perder a discrição, vale desenhar flores brancas sobre a francesinha comum
iStock Photo
Já as noivas ousadas podem apostar nas francesinhas estampadas, feitas com a ajuda de adesivos
iStock Photo
Adesivo da francesinha estampada combina com a fita de cetim do buquê. No entanto, para não ficar com um visual exagerado, é preciso que as cores da estampa não briguem com as cores predominantes do buquê nem da maquiagem
Combinações
iStock Photo
A febre dos sapatos coloridos para noivas fez com que muita gente resolvesse combinar o esmalte com o acessório. Outra boa opção é combiná-las com o buquê. Se o arranjo for monocromático, o efeito das unhas exatamente da mesma cor das flores fica ainda mais belo
iStock Photo
Em buquês com mais de um tom, o esmalte deve ser da cor mais forte presente no arranjo
iStock Photo
O esmalte não precisa necessariamente ser do mesmo tom das flores do buquê, mas a cor pode harmonizar com as flores do arranjo, como na foto
Fonte: UOL

Acesse nosso site: www.cotiro.com.br/escola

noivas

Precisa de Filmagem e Fotografia para seu casamento? 

 
NewTMF

sexta-feira, 10 de abril de 2015

10 ideias geniais para seu casamento


Use a criatividade no seu casamento.   A criatividade faz parte quando o assunto é organizar um casamento. Temos aqui, 10 ideias geniais para o seu casamento.   1 – Reservem um espaço no local da festa para que vocês contem suas histórias de vida. Façam um mural com fotos da trajetória de vocês começando desde quando eram pequenos até o dia do casamento.  

As fotos ajudam a contar a história do casal.   2 – Para aqueles noivos que adoram estar em contato com a natureza, a inclusão do verde na decoração do casamento é uma ótima ideia. Porém de uma forma diferente para dar um toque especial. Leve a natureza para dentro do salão de festas, criando um jardim para que as pessoas possam ficar mais a vontade.  

O verde para os amantes da natureza.   3 – Apresentação é tudo, por isso muito cuidado com a forma como o coquetel será servido. Siga a tendência mais recente e sirva algumas coisas do cardápio em um cone. Seus convidados vão adorar.   4 – Os cristais estão super em alta e dão um toque muito especial na decoração. Abuse da presença deles pelo salão.  

Cristais dão um toque especial na decoração.   5 – Que tal substituir o buquê pelo cupcake?   Calma, não é para jogar o cupcake e sim fazer uma quantidade de cupcakes que coincida com o número de solteiros da festa. Dê o cupcake aos solteiros e coloque um anel em algum deles. A pessoa que comer o cupcake premiado será a próxima a casar.   6 – Aproveitem o friozinho que está chegando e coloquem o vinho no seu cardápio de bebidas, porém ofereça vinhos diferentes a mulheres e homens.   7 – Tenha uma entrada realmente triunfal. Troque o buquê da daminha e do pajem por bolinhas de sabão. As crianças certamente vão adorar entrar na igreja brincando.

Bolinhas de sabão para os noivos.   8 – Coloque no carro do casal uma placa personalizada com as iniciais dos nomes, a data do casamento e alguma frase que represente a união.   9 – Junto com a mesa de doces, deixe uma taça gigante de maça do amor.

Recém casados.   10 – Se a ideia é que a festa termine pela manhã, não esqueça de providenciar um delicioso café e umas torradinhas para seus convidados.

Idéias criativas para um momento inesquecivel.
Fonte: TERRA
Acesse nosso site: www.cotiro.com.br/escola
noivas
Precisa de Filmagem e Fotografia para seu casamento?
NewTMF

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Para usar casquete, noiva precisa combinar o acessório com penteado e vestido


O dia do casamento é uma ocasião que permite às mulheres ousar um pouco mais do que seria permitido no dia a dia. Então, que tal aproveitar para brincar de membro da realeza britânica ou de personagem de novela e usar um acessório de cabeça volumoso?   Não se assuste: volume nem sempre é sinônimo de breguice. Sabendo escolher um acessório que combine com o rosto, penteado e vestido da noiva, o detalhe vira um charme. Se o seu vestido de noiva tiver um ar retrô, como os de comprimento midi, a união é perfeita.   Abaixo, veja mais opções e invista nas casquetes:  

Se for optar por usar uma casquete no “grande dia”, leve em conta o penteado e o vestido.  

Casquete de tecido, em formato de flor e com voilette, dá um ar vintage ao visual da noiva..  

As noivas românticas vão adorar uma casquete em formato de coração com voilette cobrindo o rosto.  

As noivas mais modernas e desapegadas ainda podem apostar em uma casquete mais “cheguei”, com plumas e outros adornos.
Fonte: UOL
Acesse nosso site: www.cotiro.com.br/escola
noivas
Precisa de Filmagem e Fotografia para seu casamento?
NewTMF

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Conheça os dez erros mais cometidos pelas noivas ao organizar o casamento e fuja deles


Pequenas decisões garantem o sucesso da festa e evitam surpresas desagradáveis.  
Organizar um casamento não é uma daquelas coisas que uma mulher já nasce sabendo. E, como também não dá para sair praticando por aí, a não ser que a tarefa vire profissão, é preciso estar sempre atenta para erros que, apesar de serem comuns, podem prejudicar o resultado final da cerimônia.  
1) Escolher o local apenas pelo preço  
Há noivas que, na hora de escolher o local da cerimônia, acabam se prendendo mais ao preço de locação do que o local em si. “Se não tiver nada a ver com o casal, não há motivos para fazer o casamento. Transformar o local encarece muito mais o orçamento da decoração”.  
O que fazer?
Antes de focar no valor, é preciso que o casal se identifique com o lugar. Procure com calma e verá que é possível encontrar algo dentro do orçamento e que se adeque aos noivos.  
2) Convidar pessoas achando que elas não vão  
Um dos principais fatores que delimitam o tamanho da festa é o número de convidados. “É muito comum calcularem a festa pensando que muitas pessoas não irão. Corre-se o risco de ter o espaço lotado ou de não comportar todos os convidados, faltar alimentos e bebidas, entre outras coisas”. 
O que fazer?
O ideal é que se contrate uma empresa que faça o RSVP (confirmação de presença) e avise o número correto de pessoas com antecedência, para que você possa se programar e não correr riscos.
3) Fazer mudanças radicais no visual
“Não tinja o cabelo, não corte-o curto, não faça permanentes nem alisamentos. Enfim, não mude radicalmente para o seu casamento”. Lembre-se que você ficará daquele jeito para sempre nas recordações da festa, como fotos e vídeo. E, caso não fique 100% do seu agrado, a lembrança pode não ser tão boa.  
O que fazer?
Faça testes de maquiagem e penteado e escolha um visual que combine com o seu estilo. Não arrisque!
4) Esquecer a cláusula de horário limite
Há sempre um horário estipulado para o término da festa. “Muitas vezes, o casal vê a cláusula de hora extra e não percebe que isso se aplica à desmontagem também. Aí, querem estender o tempo de festa e acabam se comprometendo com as regras do espaço.  
O que fazer?
Cheque com a equipe quanto tempo para desmontagem é necessário e programe-se sempre com uma margem de tempo para o término.  

Não corra o risco de ter uma daminha temperamental. Escolha crianças com mais de cinco anos e não se preocupe
5) Convidar damas e pajens muito novos  
Crianças são fofas, mas, o ideal é não chamar menores de cinco anos. Não corra o risco de a cerimônia ser interrompida por causa dos pequenos, já que, no momento, eles podem não querer entrar na igreja, parar no meio do caminho ou até começar a chorar.  
O que fazer?
Se mesmo assim quiser a presença de crianças, é importante que tenha um casal mais velho —maior de cinco anos— junto, para assegurar que levem as alianças, deixando o casal mais novo entrar apenas como floristas.  
6) Exagerar nas atrações da festa  
Assim como exagerar no número de referências para a decoração da festa, que pode acabar resultando em um carnaval de informações, também é preciso evitar muitas atrações, como banda, escola de samba, show pirotécnico, retrospectiva animada, garçons cantores, entre outros. “Lembre-se que seus convidados não estão pagando entrada para um show e, sim, estão querendo curtir o privilégio de terem sido convidados para participar de um momento tão especial”.  
O que fazer?
Foque naquilo que você acredita combinar mais com o clima do casal e também dos convidados, para que eles curtam com vocês.  
7) Preocupar-se demais com os convidados  
Uma festa de casamento é sempre planejada com muito carinho e detalhes e é feita para todos. Por isso, não se prenda em cumprimentar todos os convidados. Além de cansativo, você deixará de aproveitar cada detalhe da festa, como jantar, bebida, música, etc.
O que fazer?
Os convidados estão lá para prestigiar os noivos. É preciso, sim, dividir a atenção com eles, mas não perca os momentos da festa por causa disso. Na pista, você com certeza vai cruzar com todos eles e dar atenção, mesmo que rápida.
8) Excluir noivo, mãe e sogra das decisões  
Não adianta: mãe é mãe. E como toda mãe, ainda mais de noivos, gosta de participar. Por isso, tirá-las do processo de organização do casamento pode deixá-las magoadas. O mesmo acontece com o noivo, que pode se sentir excluído das decisões.  
O que fazer?
Você não precisa deixar que elas tomem conta de tudo, mas deixe que participem, pelo menos, de algumas decisões. “Pergunte o que acham da cor da decoração ou leve uma delas para a escolha do modelo de convite. Deixe que se sintam úteis e importantes. Isso com certeza vai trazer mais tranquilidade durante a organização, além de deixar a mãe e a sogra felizes”.  

Tenha certeza que o DJ toca as músicas que gosta e não seja surpreendida na festa  
9) Escolher DJ badalado sem conhecer o estilo  
Não é só porque o nome do DJ é muito comentado entre os seus amigos e amigas que ele será bom para o seu casamento. “Como todo fornecedor, esse profissional também tem um estilo e a noiva deve saber se ele tocará o que ela gosta ou não. Há DJ’s que se recusam a tocar, por exemplo, sertanejo ou pagode”.  
O que fazer?
Antes de fechar com algum profissional, pesquise sobre o trabalho dele e converse abertamente sobre o que você espera do repertório da festa, para não ter surpresas na última hora e acabar se estressando.  
10) Acreditar que a noiva pode carregar o mundo nas costas  
Muitas mulheres se sobrecarregam na hora de organizar o casamento. “Fazer tudo sozinha, junto com a agenda pessoal e profissional, causa estresse, irritação e, na maioria das vezes, queda de desempenho profissional. Afinal, o casamento se torna prioridade”.  
O que fazer?
Para evitar que isso aconteça, o ideal é que a noiva contrate uma assessora para ajudá-la em toda a organização, para otimizar o tempo dela e deixá-la mais tranquila para esse momento tão importante. Caso não seja possível contratar uma assessora, não deixe de pedir ajuda para uma amiga, para a mãe ou para alguém próximo.  
Fonte: UOL 
Acesse nosso site: www.cotiro.com.br/escola
noivas
Precisa de Filmagem e Fotografia para seu casamento?
NewTMF















































terça-feira, 7 de abril de 2015

Topo de Bolo Divertido

Para a segunda temporada da série “Tapas & Beijos” (Globo), que voltou à grade na última terça (3), a emissora encomendou dez novos casais de biscuit, para enfeitar o topo dos bolos de casamento que aparecem na abertura. Em situações cômicas, os noivinhos são peças fofas e escolha certeira para atrair a atenção dos convidados e deixar a festa mais descontraída.
A ideia para a vinheta da série deu tão certo que as criações de biscuit, executadas pela artesã carioca Regina Straub a partir de desenhos do cartunista Laerte, apareceram entre os itens de cenografia mais pedidos na Central de Atendimento ao Telespectador da Rede Globo, em 2011. Regina conta que o convite surgiu depois que ela confeccionou os noivinhos de biscuit que celebravam os 15 anos de união entre Hans Donner e Valéria Valença, há cerca de três anos.
Com a visibilidade da série, ela não parou mais de trabalhar e conta que as criações são até reconhecidas no exterior. “Fiz noivinhos para casamentos no Japão, Itália e França. As pessoas já sabem reconhecer meu trabalho, até pelos traços dos bonecos”, afirma.
http://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho8_1280.jpghttp://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho11_1280.jpghttp://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho12_1280.jpghttp://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho13_1280.jpghttp://25.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho14_1280.jpghttp://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho15_1280.jpghttp://25.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho16_1280.jpghttp://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho17_1280.jpghttp://24.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho18_1280.jpghttp://25.media.tumblr.com/tumblr_m6jnh1QI5m1rzjidho19_1280.jpg
Muita gente pergunta sobre os noivinhos da série mas, no dia a dia, os casais preferem situações que reproduzam seus hábitos, profissões e o que gostam de fazer juntos”, declara a artesã, que produz todas as peças sozinha.
Em 2011, a procura foi tanta que Regina não tem mais espaço na agenda para nenhuma outra noiva que vai ser casar neste ano. Mas brinca que as mais organizadas já podem garantir seu topo de bolo para 2013.
A dica para acertar na escolha dos noivinhos, segundo ela, é reservar uma data com antecedência para que o artesão de sua preferência possa se programar. Quando faltar apenas alguns meses para o casamento, passe detalhes do vestido, véu, traje do noivo e possíveis elementos, como skate, animais de estimação e outros. Assim, os noivinhos do topo contarão facilmente a história -e personalidade- do casal de maneira divertida e sem erros.
Fonte: UOL
Acesse nosso site: www.cotiro.com.br/escola noivas
Precisa de Filmagem e Fotografia para seu casamento?
NewTMF