sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Segurança da criança no Carnaval começa com etiqueta com os dados dos pais

O Carnaval é uma festa que pode ser curtida com as crianças desde que alguns cuidados sejam observados. Para saber o que é necessário para aproveitar a folia com segurança, o UOL Gravidez e Filhos conversou com o pediatra e neonatologista Jorge Huberman, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e Alessandra Françoia, coordenadora nacional da ONG Criança Segura. Segundo o médico, o ideal é que, para participar, a criança tenha por volta de um ano e meio. O especialista também faz um alerta sobre uma brincadeira comum dessa comemoração: a guerra de confetes. Na euforia, a criança pode engasgar ou aspirar o objeto, que, alojado em seu pulmão, pode provocar uma infecção. Por isso, fique de olho para que ela não engula o item.

FANTASIA: ao vestir a criança para o Carnaval, dê preferência a tecidos leves e naturais. Se seu filho for muito pequeno, outro cuidado é que a roupa não tenha aplicação de detalhes que possam ser engolidos, como lantejoulas e paetês. Atenção também com os acessórios, como espadas e varinhas de condão. Objetos pontiagudos, elas podem provocar acidentes. Fique de olho se os itens têm a certificação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Pintar o rosto é uma opção para os maiores de dois anos e sempre com produtos específicos para criança. Mesmo assim, vale fazer um teste, usando uma pequena quantidade no pulso e observando se acontece alguma reação alérgica.

SOL: se a festa de Carnaval for ao ar livre, o ideal é evitar a exposição solar no horário entre 10h e 16h. Mesmo na faixa segura, não dispense o filtro solar infantil. Passe o produto ainda em casa e reaplique a cada duas horas. Uma sugestão do pediatra e neonatologista Jorge Huberman é colocar na criança roupas com proteção contra os raios ultravioleta.

BARULHO EXCESSIVO: segundo a legislação brasileira, o limite máximo de exposição a sons é de 85 decibéis. A partir desse número, há risco de perda auditiva, dependendo do volume, do tempo de exposição e da sensibilidade individual. Como não dá para ir para o bloco de Carnaval ou matinê com um aparelho que meça o barulho, os pais devem agir com bom senso. "Não ficar muito próximo da fonte da música é o primeiro cuidado. Se os adultos se sentirem incomodados, é sinal de que a criança também deve estar", afirma o pediatra Jorge Huberman. Por mais que o programa esteja divertido para a família, uma hora e meia é o tempo ideal para a permanência infantil na folia.

HIDRATAÇÃO: antes mesmo de ir para a folia de Carnaval, os pais devem cuidar da hidratação da criança. Segundo o pediatra e neonatologista Jorge Huberman, os adultos devem oferecer água para o filho até que ele recuse. Durante a festa, também é preciso não descuidar e dar mais água, sucos naturais feitos em casa e mesmo pedaços de algumas frutas e legumes com alto poder de hidratação, como melancia, laranja, melão, cenoura e tomate. Vale lembrar que refrigerantes não hidratam ninguém.

ALIMENTAÇÃO: é fundamental que os pais não cedam ao apelo da praticidade das comidas de rua. A falta de cuidado na manipulação e no armazenamento pode contaminar alimentos, como sanduíches e salgados, e provocar uma intoxicação na criança.

QUEDAS: segundo Alessandra Françoia, da ONG Criança Segura, esse é o principal motivo de internação de crianças. A observação constante é a forma de prevenir acidentes. Por isso, em blocos de rua ou matinês de clube, fique de olho em desníveis do chão, escadas e terrenos acidentados em geral.

CRIANÇA PERDIDA: Carnaval é sinônimo de aglomeração, por isso, além de uma vigilância constante sobre a criança, é imprescindível que ela use uma pulseira ou crachá de identificação, que deve conter os nomes dos pais e os telefones celulares.

NA ESTRADA OU NA CIDADE: Alessandra Françoia, coordenadora da ONG Criança Segura, diz que se a ideia for viajar de carro no Carnaval, deve-se usar o equipamento de proteção, que é, além de uma medida de segurança, uma exigência legal. A Lei da Cadeirinha estabelece os tipos de dispositivos de acordo com a faixa etária. Segundo a legislação, crianças de até 12 meses devem ser transportadas no bebê-conforto. De um a quatro anos, devem viajar em cadeirinhas. Já entre quatro e sete anos e meio, o ideal é que utilizem o booster, que é um assento elevatório. Não vale descuidar nem mesmo em trajetos curtos.

NA PRAIA OU NA PISCINA: opções de muitas famílias no Carnaval, esses locais pedem uma vigilância constante por parte dos adultos em função do risco de afogamento. O cuidado deve ser total mesmo em lugares aparentemente rasos.

Fonte: UOL

Dicas de make para o Carnaval

Carnaval é uma das poucas festividades do ano em que é possível sair às ruas do jeito que quiser, sem chamar atenção e sem ser rotulado.

Maquiagem temática

make 1

Maquiagem para prévias

make 4 (600x348)

make 3 (600x366)

make 2 (600x564)

GET-THE-LOOK_MODELO3 (600x600)

GET-THE-LOOK_MODELO2 (600x600)

GET-THE-LOOK_MODELO1 (3) (600x600)

Maquiagem para bailes

set2 (600x600)

Fonte: Social 1

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Dez Maquiagens para Cair na Folia!

O Carnaval é com certeza a melhor época do ano para gente extravasar e usar maquiagens diferentes e cheias de detalhes! Se você ainda não escolheu a sua se liga nessa lista com 10 opções lindas e pra todos os gostos e estilos. Vem cair na folia arrasando no carão!

 photo maquiagem-carnaval-01_zps9279cf6b.jpg

O combo de dourado e preto é sempre curinga! Mas o diferencial dessa maquiagem de Beyoncé está no formato. O preto da parte superior está ultra marcado e com uma suave curvatura no canto externo. Na parte inferior apenas um dourado iluminado. Foco para fios brilhosos no cabelo, um charme!

 photo maquiagem-carnaval-02_zps21b09a81.jpg

Claudinha Leitte usou esse make no Carnaval do ano passado. Um arraso, né? O preto está tão puxado que quase alcança a raíz dos cabelos. Gata siamesa!

 photo maquiagem-carnaval-03_zpsfe9fc533.jpg

Katy Perry tem uma infinidade de makes festivos. Escolhi esse porque achei a combinação de lilás com brilho e verde lima uma graça e a cara do nosso Carnaval. Bonequinha!

 photo maquiagem-carnaval-04_zpse8dbac4d.jpg

Os cristais coloridos transformaram o make neutro (com sombra marrom, creme e delineado) de Katerina Graham. Uma opção chique e divertida para a folia!

 photo maquiagem-carnaval-05_zps09020a18.jpg

Que tal apostar no vermelho? É o que ensina esse look da Cheryl Cole. O tom coloriu os olhos, a boca e as maçãs da cantora. Se for de diabinha ou vampira está aí uma ótima escolha ;)

 photo maquiagem-carnaval-06_zps065680cd.jpg

Poderosa essa maquiagem de Emma Watson com amarelo cintilante, preto e marrom café. O detalhe especial está no aplique de pedacinhos de folha de ouro. Rola super trocar as folhinhas por glitter básico ou glitter ball de nail art, sabe? Fica lindo!

 photo maquiagem-carnaval-07_zps34fe54fc.jpg

A maquiagem de Rihanna trabalha apenas prata e branco ultra cintilante e brilhoso. A dica é deixar o tom mais forte no canto interno e até a dobrinha do olho, subindo em direção a sobrancelhas a cor vai perdendo a força. Também não pode esquecer dos cílios postiços, como o make é claro ele faz toda a diferença na hora de destacar o olhar. Uma opção fada de makeup!

 photo maquiagem-carnaval-08_zps7019d13a.jpg

Se você tem dificuldade com o delineado aposte no adesivo como fez Nicole Scherzinger. Ele é fácil de aplicar e geralmente tem brilho e glitter. Para conquistar um make bafônico rapidamente não tem dica melhor!

 photo maquiagem-carnaval-09_zps0cbc3d33.jpg

O make com côncavo hiper marcado, também conhecido como cut crease, é ousado e tem tudo a ver com o Carnaval. Esse da Pixie Lott ainda tem o plus de coraçõezinhos na lateral do rosto. Fofo na medida!

 photo maquiagem-carnaval-10_zpse8c55b6b.jpg

Pra finalizar o make que já contagiou o Carnaval 2013!!! O olhar Sereia de Isis Valverde usado na série “O Canto da Sereia”, que combinou paetês e glitter dourado com sombra azul cintilante.

E aí, qual make você vai usar pra cair na folia?

Fonte: SuperVaidosa

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Esqueça o óleo: cabeleireira propõe look com frizz na semana de Londres

Deixe de lado seus óleos e finalizadores: de acordo com a cabeleireira britânica Neil Moodie, que assinou os penteados do desfile da marca Burberry ontem (17) da semana de moda de Londres, o temido frizz tem lá o seu charme. E passará a ser usado como item de beleza, diferente do caminho desejado por muitas mulheres, que é o de eliminar esse efeito decorrente da quebra ou estática dos fios.

Em entrevista ao site NY Mag, Neil disse que o visual está longe de parecer despojado: "É o retrato de uma menina com olhar e espírito livres, que pode se sentir bonita fazendo o próprio penteado de forma simples". Quer apostar? A profissional garante ser bem simples: "Depois de lavados, ainda molhados, aplique uma loção sem enxágue em spray nos fios por inteiro. Depois, seque apenas com a toalha e saia. O efeito oleoso na medida remete àqueles dias em que o cabelo enfrentou uma neblina ou está prestes a ser lavado novamente.

Fonte: UOL

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Maquiagem de Carnaval: 5 dicas para cair na folia sem estragar a make

Crédito: Thinkstock

Maquiador das famosas ensina como se divertir a noite toda sem borrar a maquiagem.

O Carnaval é época de descanso para algumas, porém, para outras, é o período de cair na farra e aproveitar todos os minutos dos bailes e matinês. Independente do tipo de festa, certamente a maquiagem está entre a preocupação de algumas mulheres.

Com tanta alegria fica impossível não se jogar na folia. Porém, neste momento, o suor e a pele oleosa podem comprometer a maquiagem de Carnaval. Para evitar este problema, confira as dicas de Porfírio Passos, maquiador do Stúdio W Higienópolis que já produziu famosas como Marina Ruy Barbosa, Bárbara Paz e Maitê Proença.

Maquiagem para o Carnaval

“Produções para usar no Carnaval são aquelas com muitas cores, muito brilho e com bocão e olhão”, indica o profissional. Mas, como as tendências são democráticas, tem opção para todos os gostos. “As menos ousadas podem abusar da máscara de cílios e do lápis colorido. Use dentro do olho, na linha d’água. Já as mais ousadas podem apostar no glitter e nos batons coloridos e de tonalidade forte”, explica o maquiador.

Dicas para a maquiagem durar

maquiagem-carnaval-2.jpg
Limpeza
Segundo o maquiador, o primeiro passo para uma maquiagem durar é limpar bem a pele. Com os poros livres de impureza e excesso de oleosidade, os produtos fixam mais facilmente.
Primer

Produto utilizado para uniformizar a pele e fixar a maquiagem, o primer também é essencial. “Outra dica é usar um bom primer. Eles melhoram a textura da pele e fazem com que a base dure mais”, afirma Porfírio.

Glitter

Para passar glitter sem borrar, o segredo também é o primer. “Depois de usar a sombra, passe um pouco de primer nas pálpebras e aplique o glitter. Desta forma ele ficará exatamente no lugar que foi aplicado”, ensina o maquiador

Fixação e produtos de longa duração

Para Porfírio, o spray fixador pode ser dispensado. “É desnecessário usar spray para fazer a maquiagem durar ou não borrar já que o que faz a make derreter é a oleosidade da pele e o spray não evita isso”, diz.

Para ele, vale apena investir nos produtos de longa duração, como bases de efeito prolongado ou batons textura matte e retro matte. “Os produtos de longa duração, além de grudar na pele, geralmente têm componentes que absorvem o excesso de oleosidade”, explica o profissional.

E tem mais. “Vale usar máscara a prova d’água para evitar os borrões e apostar na sombra cremosa. É só aplicar com um pincel que elas secam rápido e não borram e nem saem com o suor”, orienta Porfírio.

Fonte: ITodas

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O incrível mundo das máscaras para cílios

POR QUE TANTOS?

"O mundo das máscaras é completamente diferente do restante dos artigos de maquiagem, a cor não é a preocupação principal, mas sim a performance", explica Machado. Segundo ela, o efeito de alongamento, por exemplo, é testado quase que na régua.

Os efeitos causados por cada tipo de rímel depende principalmente da conjunção entre três fatores: a fórmula (leve ou espessa), o formato do aplicador e a textura das cerdas (que podem ser de nylon ou silicone).

A diferença entre as fórmulas é fácil de entender: as mais grossas dão volume. Quanto mais produto depositado nos cílios, mais grosso os pelinhos vão ficar e tem-se a impressão de estarem cheios. "70% das compradoras querem volume", diz Machado.

As fórmulas alongadoras são o inverso, o líquido é mais fininho consegue ser distribuído ao longo de todo o pelo.

"Tem casos que eu uso um rímel para alongar e outro para dar volume", afirma o maquiador Anderson Bueno. Entre seus principais truques, está passar a máscara na parte de cima dos pelos (enroscando a parte curvada para cima, como se fizesse uma escova nos cabelos) além do movimento clássico, de baixo para cima, a partir da linha d'água.

Entender os pinceis é mais difícil. Além de se parecerem, a diferença entre aplicador gordo e fininho já não é suficiente – tem vários dos dois tipos.

VOLUME

1 - COMUM - É um dos modelos mais comuns. Cheio de cerdas, distribui produto em bastante quantidade em todos os cílios, resultado: cílios super definidos, com cara de Emília

2 - ESPIRAL - as cerdas formam como um espiral. Esse formato agarra melhor os cílios, permitindo curvá-los melhor (como se fizesse uma escova no cabelo). As cerdas mais longas e em bastante quantidade 'descarregam' bastante tinta sobre os pelos, deixando-os com aspecto volumoso.

3 - SILICONE MAIOR NO CENTRO - esse modelo é feito de silicone e tem cerdas de diferentes tamanhos. Esses 'pentinhos' entrelaçados ajuda a deixar os cílios mais separados (ou seja, mais definidos). A central tem um formato quadrado e esses lados planos ajudam a depositar mais produto (dando 'volume').

4 - GORDÃO - Funciona como o comum na definição dos pelos, mas, por ser mais gordo, deposita ainda mais produto, dando mais 'volume'

5 - SILICONE CENZEL- As cerdas (de silicone) mais juntas e fechadas conseguem carregar mais produto e, o formato quase reto, faz com que ele seja depositado a mesma maneira em todos os cílios, que ficam separadinhos.

6 - TATURANA - Assim como em espiral, agarra bem desde a raiz do pelo e permite esticar os cílios para cima, deixando-os bem curvados
.
ALONGAR

7 - CÔNICA - a diferença no pincel que alonga muitas vezes está na superfície da cerda. Com a superfície desigual, ele aplica o produto aos poucos, ao longo do pelo (e não tudo de uma vez, como no caso dos que dão volume)

8 - ALONGA + VOLUME - o formato da escova ajuda a das volume, enquanto os pentes de diferentes tamanhos alongam. Ideal para quem tem cílios pequenos.

9 - ALONGA e DEFINE - Esses pinceis misturam características. Com as cerdas específicas que dão comprimento e mais cheio para dar definição

10 - TORCIDO - cerdas em tamanhos desiguais, com menores no centro, permite maior concentração do líquido preto no meio do aplicador, a torção das fibras em 90° ajuda a distribuir o líquido acumulado de maneira mais uniforme. As cerdas desiguais prendem melhor os pelos e permitem curvar melhor

11 - SILICONE COM A PONTA FINA - Esse modelo é para quem quer cílios bem compridos. Esse modelo foi desenhado para tentar cobrir cada um dos fios e deixá-los bem separados.

SUPER GORDOS - sucesso de vendas, como o Colossal da Maybelline, as máscaras com aplicadores gigantes dão muito mais volume, pois depositam mais produto.

HIGIENE

Escolher uma máscara que já tenha pincel e fórmula combinados é uma vantagens dos consumidores finais – que usarão os produtos neles mesmo.

Os maquiadores devem usar pinceis descartáveis, para evitar contaminação. "Eu tenho um kit para o cliente, e, mesmo sendo descartável, tem os pinceis em diferentes formatos", afirma Bueno. Especialista em make para teatro, ele diz que nas coxias dos palcos usa descartável. "Ou então, cada ator carrega o seu kit. Na pior das hipóteses, uso o aplicador da máscara, tiro o que sobrar com papel toalha, limpo com álcool e só então guardo novamente na embalagem", diz.

Fonte: Folha